Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

domingo, 18 de novembro de 2018

Questão 15 - Exame de Suficiência CFC 2018.1 - Transação Inter Company

A Companhia Alfa realizou a venda de produtos para sua controladora por R$ 600.000,00, gerando um custo de venda de R$ 530.000,00. No final do exercício, remanescia no estoque da controladora 50% das mercadorias adquiridas da controlada. O valor do ajuste referente ao lucro não realizado, para fins de cálculo da equivalência patrimonial, é de: 

A) R$ 17.500,00.
B) R$ 32.500,00.
C) R$ 35.000,00.
D) R$ 265.000,00.

Solução:

A questão trata de uma transação entre empresas (inter company), sendo uma venda de produtos da controlada para a sua controladora.

No final do exercício, para efeito de demonstrativo consolidado, quando ainda exista em estoque parte desses produtos/mercadorias que ainda não foram negociados, deve-se proceder com ajustes quanto ao suposto lucro que teria, caso todos os produtos/mercadorias tivessem sido vendidos. Ou seja, no caso dessa questão, ela quer que seja apontado o valor pelo qual será reconhecido esse lucro na Companhia Controladora.

Então, como o total da venda da controlada para sua controladora foi de R$ 600.000 e tendo um custo total de venda de R$ 530.000 logo, o lucro foi de R$ 70.000 (600.000 - 530.000).

No entanto, para a controladora, por esse lucro auferido pela sua controlada, não é possível reconhecer todo o lucro onde inclui ganhos por uma negociação que ainda nem foi realizada, ou seja, da parte de mercadorias que ainda permanece em seu próprio estoque.

Então, como a questão diz que permanece ainda em estoque aguardando ser negociado, 50% desses produtos/mercadorias, da mesma forma a empresa controladora só poderá reconhecer como ganho de equivalência patrimonial, 50% do lucro percebido pela controlada com relação a essa transação entre as duas CIAs.

70.000 * 50% = 35.000

Alternativa C


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares