Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Questão 13 - Exame de Suficiência CFC 2018.1 - Características do Ativo Circulante

De acordo com a Estrutura Conceitual Básica da contabilidade brasileira, um ativo pode ser considerado como circulante em determinadas ocasiões. Das situações a seguir, qual NÃO condiz com a classificação de ativo circulante?

A) Quando o ativo está mantido essencialmente com o propósito de ser negociado.

B) Quando espera-se que o ativo seja realizado, ou pretende-se que seja vendido ou consumido no decurso normal do ciclo operacional da entidade.

C) Quando o ativo é caixa ou equivalente de caixa, a menos que sua troca ou uso para liquidação de passivo se encontre vedada durante pelo menos doze meses após a data do balanço.

D) Quando o ativo representar direitos que tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção das atividades da companhia ou da empresa ou exercidos com essa finalidade, inclusive os decorrentes de operações que transfiram à companhia os benefícios, riscos e controle desses bens.

Solução:

Devemos detectar entre as alternativas, aquela em que seu enunciado não condiz com ativo circulante.

Na alternativa A, se esse ativo mesmo que pertencesse ao ativo imobilizado, ao ser mantido para venda, após preencher todos os requisitos e devendo ser realizada a venda no decurso normal do ciclo operacional da entidade (Ativo Circulante).

Na alternativa B, segue o mesmo caso da anterior (Ativo Circulante).

Na alternativa C, caixa e equivalente de caixa é realmente classificado no ativo circulante e logo no início, de cima para baixo conforme sua ordem de liquidez. No entanto, como diz no CPC 26, item 66, letra d, caso haja vedação até 12 meses após a data do balanço, para que possa ser trocado ou uso na liquidação de um passivo, então, deixaria de ser ativo circulante, mas, sem essa vedação, é também ativo circulante (Ativo Circulante).

Na alternativa D, diz o seguinte: "Quando o ativo representar direitos que tenham por objeto bens corpóreos destinados à manutenção das atividades da companhia ou da empresa ou exercidos com essa finalidade, inclusive os decorrentes de operações que transfiram à companhia os benefícios, riscos e controle desses bens." (Ativo Não Circulante).

Na primeira parte em negrito, isso diz respeito a ativos do imobilizado, no ativo não circulante. Já a segunda parte em negrito, aponta para o que seria algo parecido com arrendamento mercantil financeiro, o que é registrado no imobilizado, no ativo não circulante.

Alternativa D
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares