Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Questão 8 do Exame de Suficiência CFC 2013.1

Questão 8 do Exame de Suficiência CFC 2013.1 que trata de classificar contas e em seguida verificar o valor do Patrimônio Líquido, sendo utilizada aqui para exercitar contas do PL.

Uma sociedade empresária apresentava, em 31.12.2012, os seguintes saldos, antes da apuração do resultado do período:

Questão 8 do exame de suficiência cfc 2013.1


Considerando que nenhum dividendo será distribuído no período, no Balanço Patrimonial em 31.12.2012, o Patrimônio Líquido é igual a: 

a) R$312.400,00.
b) R$344.800,00.
c) R$359.200,00.
d) R$389.200,00.

Resolução:

A questão diz que os saldos apresentados são antes da apuração. Nesse caso, para saber o valor do Patrimônio Líquido após a apuração em 31/12/2012, devemos detectar quais as contas de resultado e no final, somar resultado líquido aos valores já observados no PL.

Classificação das contas

  • Ágio Pago na Aquisição de Investimentos Avaliados pelo Método da Equivalência Patrimonial R$46.800,00 (ativo)
  • Caixa R$12.400,00  (ativo)
  • Capital a Integralizar R$30.000,00 (PL)
  • Capital Subscrito R$250.000,00 (PL)
  • COFINS a Recuperar R$3.000,00  (ativo)
  • Custo das Mercadorias Vendidas R$504.000,00 (Resultado)
  • Depreciação Acumulada de Imóveis de Uso R$44.400,00  (ativo)
  • Despesas Administrativas R$33.600,00 (Resultado)
  • Despesas com Tributos Incidentes Sobre as Vendas R$96.000,00 (Resultado)
  • Despesas com Tributos Incidentes Sobre o Lucro R$36.000,00 (Resultado)
  • Despesas Financeiras R$40.800,00 (Resultado)
  • Despesas Pagas Antecipadamente a Apropriar R$14.400,00  (ativo)
  • Duplicatas a Receber com Vencimento em 2013 R$196.800,00  (ativo)
  • Duplicatas a Receber com Vencimento em 2014 R$72.000,00 (ativo)
  • Duplicatas Descontadas R$31.200,00 (passivo)
  • Estoque de Mercadorias R$103.200,00 (ativo)
  • Financiamentos Bancários R$112.800,00 (passivo)
  • Fornecedores R$50.400,00 (passivo)
  • ICMS a Recolher R$15.600,00 (passivo)
  • Imóveis de Uso R$114.000,00 (ativo)
  • Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar R$36.000,00 (passivo)
  • Investimentos Avaliados pelo Método da Equivalência Patrimonial R$86.400,00 (ativo)
  • PIS a Recuperar R$600,00 (ativo)
  • Receita com Venda de Mercadorias R$840.000,00 (Resultado)
  • Reservas de Lucros R$9.600,00 (PL)
  • Total R$1.390.000,00
Então, das contas apresentadas, são pertencentes ao Resultado as seguintes, conforme DRE abaixo:

Receita com Venda de Mercadorias                  R$ 840.000,00
Despesas com Tributos Incidentes Sobre as Vendas(R$ 96.000,00)
Receita Líquida                                                   R$ 744.000,00          
Custo das Mercadorias Vendidas                          (R$ 504.000,00)
Resultado Bruto                                                  R$ 240.000,00
Despesas Administrativas                                         (R$33.600,00)
Resultado Operacional                                        R$ 206.400,00
Despesas Financeiras                                               (R$40.800,00)
Resultado antes os tributos sobre o lucro          R$ 165.600,00
Despesas com Tributos Incidentes Sobre o Lucro    (R$ 36.000,00)
Resultado Líquido do Exercício                          R$ 129.600,00

Agora, deve-se juntar esse Resultado Líquido de R4 129.600,00 ao PL que seria através de conta de Lucro ou prejuizo e posteriormente destinado para as reservas de lucro. Então, vamos ver qual era a situação do PL antes.

PL em 31/12/2012 antes da apuração R$ 229.600,00
Capital Subscrito R$ 250.000,00
Capital a Integralizar (R$30.000,00) => Reduz o capital subscrito
Reservas de Lucros R$ 9.600,00

A questão diz que não haverá distribuição de dividendos, ou seja, todo o lucro do exercício ficará dentro do PL;

PL antes da apuração               R$ 229.600,00
Resultado Líquido do Exercício R$ 129.600,00
Total do PL após apuração     R$ 359.200,00

Alternativa C
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

4 comentários:

  1. Boa tade, professor desculpas.

    Professor com relação as questões de 2013 que o sr. resolveu, surgiu uma pequena dúvida,.
    1 - Na questão 04 de 2013.1 temos lá despesas com tributos sobre o lucro no valor de R$ 17.577,00.
    2 - Na questão 08 de 2013.1 temos lá despesas com tributos incidentes s/ o lucro no valor de R$ 36.00,00. - Porém estes valores ficaram em campos diferentes.
    Alberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aberto,
      No caso da pergunta 2, que se refere a questão 8, dessa postagem.
      O que acontece é o seguinte, as Despesas com Tributos Incidentes Sobre o Lucro R$36.000,00 (Resultado) é diferente de Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar R$36.000,00 (passivo). Essa última já passou pela apuração do resultado, pois, a mesma se refere a período já passado e que foram registrados no passivo e esperando apenas serem pagas.

      Já no caso da primeira, quando diz Despesas com Tributos Incidentes Sobre o Lucro R$36.000 (Resultado), está se referindo ao momento de apuração do Resultado que, após somar e também deduzir tudo que tiver para ser feito, deve-se com base no lucro, provisionar a Tributação, para poder obter o Resultado Líquido. Essa provisão vai parar numa conta do passivo, já que as contas de resultado, após apuração, serão zeradas.

      Para a pergunta 1, deve=se perguntar em: http://www.manoeloliveira.net.br/2013/06/questao-4-do-exame-de-suficiencia-cfc.html

      Excluir
  2. Boa noite, perdão pela ignorância, mas como sei quando o ICMS a recolher entra ou não na DRE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mairinque.
      Na verdade, ICMS a Recolher já está registrado no passivo, esperando apenas o momento de ser pago, quando sua conta ICMS a Recolher será debitada e creditando por exemplo, a conta banco. Agora, não é o ICMS a Recolher que vai a resultado, ou seja, ele já surgiu quando da apuração dos tributos, figurando na DRE, logo após a receita bruta de vendas, como dedução da receita, tendo a contrapartida, exatamente uma conta ICMS a recolher. Partindo daí, não se pode mais pensar, que novamente esse valor venha aparecer novamente na DRE e sim, ser pago contra uma conta do ativo.

      Qualquer coisa, sinta-se a vontade para detalhar um pouco mais, caso precise.

      Excluir

Postagens populares