Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Questão 40 - Exame de Suficiência CFC 2017.1

Considerando-se a NBC PG 100 APLICAÇÃO GERAL AOS PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE sobre os princípios éticos, julgue as atitudes do Profissional da Contabilidade como adequadas ou inadequadas nas situações hipotéticas apresentadas e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Um Profissional da Contabilidade com mais de trinta anos de experiência foi convidado pelo Sindicato dos Funcionários de uma empresa a emitir parecer a respeito da situação econômico-financeira dessa empresa. Após análise das Demonstrações Contábeis, o profissional constatou que a empresa apresenta fortes indícios de descontinuidade. Mas, por conhecer a empresa e manter laços de amizade com seus administradores, atestou, em seu parecer, que a empresa irá manter-se em operação por um futuro previsível.

II. Um Profissional da Contabilidade, ao executar um assessoria para recuperação de uma empresa, obteve informações sobre o processo de fabricação de um produto com baixíssima rentabilidade. Um especialista no produto, que tem intenção de instalar uma outra indústria, perguntou sobre o segredo do processo de fabricação. O Profissional da Contabilidade se recusou a compartilhar tal informação, bloqueou qualquer contato do especialista, mas compartilhou as informações, sobre o produto e sobre o especialista, com outros amigos contadores. 

Considerando-se as situações hipotéticas apresentadas e os princípios éticos constantes na NBC PG 100 - APLICAÇÃO GERAL AOS PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE, a atitude do Profissional da Contabilidade foi:

a) adequada na situação 2 e inadequada na situação 1.
b) adequada nas situações 1 e 2.
c) inadequada nas situações 1 e 2.
d) inadequada na situação 2 e adequada na situação 1 .

Resolução:

De acordo com a NBC PG 100 - APLICAÇÃO GERAL AOS PROFISSIONAIS DA CONTABILIDADE, temos os seguintes Princípios Éticos:

100.5 O profissional da contabilidade deve cumprir os seguintes princípios éticos:

(a) Integridade – ser franco e honesto em todos os relacionamentos profissionais e comerciais.

(b) Objetividade – não permitir que comportamento tendencioso, conflito de interesse ou influência indevida de outros afetem o julgamento profissional ou de negócio.

(c) Competência profissional e devido zelo – manter o conhecimento e a habilidade profissionais no nível adequado para assegurar que clientes e/ou empregador recebam serviços profissionais competentes com base em desenvolvimentos atuais da prática, legislação e técnicas, e agir diligentemente e de acordo com as normas técnicas e profissionais aplicáveis.

(d) Sigilo profissional – respeitar o sigilo das informações obtidas em decorrência de relacionamentos profissionais e comerciais e, portanto, não divulgar nenhuma dessas informações a terceiros, a menos que haja algum direito ou dever legal ou profissional de divulgação, nem usar as informações para obtenção de vantagem pessoal pelo profissional da contabilidade ou por terceiros.

(e) Comportamento profissional – cumprir as leis e os regulamentos pertinentes e evitar qualquer ação que desacredite a profissão.

Manoel Oliveira - Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos
O profissional da Contabilidade, conforme sua atitude no item I), fere a letra b) dos Princípios Éticos citados nessa norma, tendo sido tendencioso, quando ignora os fortes indícios de descontinuidade da empresa, pelo fato de conhecer a empresa e a sua amizade com administradores.

I - O profissional da Contabilidade, conforme sua atitude no  item II), fere a letra b) dos Princípios Éticos citados nessa norma. (atitude inadequada)

II - Embora ele tenha evitado fornecer qualquer informação ao empresário, mas, acabou revelando para outros amigos contadores. (atitude inadequada)

Para que fosse possível compartilhar tais informações, era preciso que esses colegas contadores trabalhassem com ele, por exemplo, na mesma empresa e mesmo departamento. Assim, seria entendido que esses contadores e ele trabalhavam em conjunto na resolução de um mesmo interesse.

Veja a Seção 140 – Sigilo profissional em seu item 140.8 que diz:

"Ao decidir sobre a divulgação de informações sigilosas, os fatores pertinentes a serem considerados incluem:

(d) se as partes para quem a comunicação é dirigida são as pessoas apropriadas para recebê-la".

Como não era o caso, então, alternativa c).


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares