Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

segunda-feira, 27 de março de 2017

Questão 2 – Exame de Suficiência CFC 2017.1-Depreciação de equipamento

Uma Sociedade Empresária adquiriu um equipamento, que ficou disponível para uso, nas condições operacionais pretendidas pela administração, em 2.1.2012, pelo valor contábil de R$ 180.000,00.
Uma Sociedade Empresária adquiriu um equipamento, que ficou disponível para uso, nas condições operacionais pretendidas pela administração, em 2.1.2012, pelo valor contábil de R$ 180.000,00.

A vida útil do equipamento foi estimada em 10 anos e seu valor residual, em R$ 18.000,00.

A depreciação do equipamento é calculada pelo Método Linear e não foram observados indicativos de perda durante toda a vida útil do equipamento.

No dia 31.12.2016, A Sociedade Empresária vendeu esse equipamento por R$ 90.000.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e de acordo com a NBC TG 27 (R3) - ATIVO IMOBILIZADO, o valor contábil a ser baixado desse equipamento, em 31.12.2016, é de:

a) R$ 72.000,00
b) R$ 90.000,00
c) R$ 99.000,00
d) R$ 162.000,00

Resolução:

Depreciação de EquipamentoA estimativa de vida útil é de 10 anos, sendo esse tempo, aquele a ser depreciado, caso não haja alterações nem na estimativa e nem indicadores de perda, consequentemente, não alterando também, o seu valor residual e, como realmente não houve nada disso, então, para sabermos a parcela de depreciação, vamos pegar o valor contábil, líquido do valor residual e dividir por 10 anos.

Valor contábil......................... 180.000,00
(-) Valor Residual ........................(18.000,00)
(=) Valor depreciável.....................162.000,00

Parcela de depreciação anual = 162.000 / 10 = 16.200

Tempo de depreciação de acordo com o item 55 da NBC TG 27 (R3) - ATIVO IMOBILIZADO.

"A depreciação do ativo se inicia quando este está disponível para uso, ou seja, quando está no local e em condição de funcionamento na forma pretendida pela administração. A depreciação de um ativo deve cessar na data em que o ativo é classificado como mantido para venda (ou incluído em um grupo de ativos classificado como mantido para venda de acordo com a NBC TG 31) ou, ainda, na data em que o ativo é baixado, o que ocorrer primeiro. Portanto, a depreciação não cessa quando o ativo se torna ocioso ou é retirado do uso normal, a não ser que o ativo esteja totalmente depreciado. No entanto, de acordo com os métodos de depreciação pelo uso, a despesa de depreciação pode ser zero enquanto não houver produção".

Assim, a data em que o ativo ficou em condições de uso foi em 2.1.2012, devendo ser contabilizada a depreciação até o dia 31.12.2016, quando foi vendido.

O tempo decorrido entre essas datas foi de 5 anos.

Parcela anual de depreciação * quantidade de anos = depreciação acumulada

Depreciação acumulada = 16.200 * 5 = 81.000

Saldo contábil.............................. 180.000
(-) Depreciação Acumulada........(81.000)
Saldo contábil Líquido.............. 99.000

R$ 99.000 é o valor contábil líquido a ser baixado.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares