Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

terça-feira, 10 de maio de 2016

Provisões e conceitos de inventários

Provisionar quer dizer guardar algo para o futuro, porém, para os efeitos Contábeis e Fiscais, provisionar, significa reconhecer determinados eventos que, mesmo não representando um desembolso imediato, afetará o resultado da entidade numa data futura, pois os ajustes contábeis e sua natureza é sempre credora. Sendo assim, vamos ver um pouco sobre provisões.

Um exemplo claro, são os salários que, mesmo que sejam para ser pagos no próximo mês, estes são reconhecidos no período em que ocorre o fato gerador, sendo nesse caso, provisionado e reconhecido ainda nesse mês corrente para que seja pago no mês seguinte.

Para efeito de ilustração vamos supor que no mês de setembro a folha de pagamento dos vendedores totalizou R$16.500. Se é salário a pagar, então é Passivo e, deve estar presente no mês de setembro, fazendo do resultado desse mês, ainda que sejam pagos apenas dentro do mês de outubro.


Provisões e conceitos de inventários

Somente quando formos realmente pagar (desembolsar) no mês de outubro, essa conta Salário a pagar será debitada e creditada (contra partida) a conta caixa ou Banco.

Principais Provisões


  • Provisão para a Redução de Ativos ao Valor de Mercado;
  • Provisão para Contingências Fiscais;
  • Provisão para Contingências Trabalhistas;
  • Provisões de Férias e 13º Salário;
  • Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa;
  • Provisão para Perdas Prováveis em Investimentos;
  • Provisão para Perda de Estoques, etc..

Operações com mercadorias


São as operações com mercadorias, aquilo que empresas comerciais têm como sendo a principal razão de sua existência. É preciso controlar e mensurar essas mercadorias. Esses dois aspectos são de total relevância para a contabilidade e, existem dois métodos de inventários utilizados para se trabalhar nessas operações que são:

  1. Inventário Periódico;
  2. Inventário Permanente.

Inventário Periódico



  • Maneira sistemática e bastante simplificada de apuração do Custo de Obtenção das mercadorias. Os controles não são tão minuciosos.
  • Somente no final do período é que são apurados os gastos relacionados com a obtenção de produtos e as vendas e é por isso que é chamado de periódico.
  • Os Custos das Mercadorias Vendidas, mensal, bimestral, trimestral, semestral ou anual,  são calculados no final de cada período, para apuração do Resultado Com Mercadorias.
  • As empresas de médio e pequeno porte costumam usar bastante, já que é autorizado pela legislação.
  • Já para as empresas industriais, esse sistema não é aceito pelo regulamento do Imposto de renda.
Apesar da simplicidade, por facilitar a apuração dos Custos de um período contábil, tem a desvantagem de não evidenciar o custo unitário de obtenção de cada produto comercializado.
Há uma equação para se calcular o CMV - Custo de Mercadoria vendida:

CMV = EI + C – EF
Onde:

CMV = Custo das Mercadorias Vendidas ;
EI = Estoques Inicial
C = Compras (entradas de mercadorias em estoque)
EF = Estoque Final (obtido por processo de inventário, contagem, no último dia do período)

INVENTÁRIO PERMANENTE


Algumas organizações necessitam manter o controle permanente de seus estoques. Empresas como as indústrias que, por determinação legal do Regulamento do Importo de Renda, têm que adotar o inventário permanente. Esse é o inventário utilizado em modelos gerenciais para esse e outros tipos de organizações. Registra as operações imediatamente ao fato ocorrido, ou seja, de forma sistemática, incluindo as entradas e saídas dos estoques. O Inventário Permanente pode ser utilizados com um dos critérios de avaliação abaixo:

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ESTOQUES

Preço Específico - Este procedimento obriga a adoção de critérios de ajuste a valor de mercado. Muito utilizado para mercadorias de fácil identificação de custo, como por exemplo o automóvel. São atribuídos valores padronizados para atribuição do Custo das Vendas, independentemente do valor real de entrada no estoque.

PEPS - Primeiro a Entrar é o Primeiro a Sair (ou FIFO – First in First Out) – Baseia-se nos estoques mais antigos para formar seu preço de  Custo das Vendas. É admitido para fins fiscais no Brasil. Em economia  inflacionária reduz o custo das vendas e aumenta o Lucro.

UEPS - Último a Entrar e Primeiro a Sair (ou LIFO – Last in First Out) - não é admitido pela legislação fiscal no Brasil. Consiste em obter o Custo das Vendas pelos valores mais recentes dos estoques. Em regime inflacionário aumenta o Custo das Vendas e reduz o Lucro. Não é aceito pela legislação fiscal no Brasil.

Custo Médio Ponderado Móvel - Devido à sua fácil aplicabilidade e admitido pelo Fisco é muito utilizado. Considera como custo das mercadorias a média ponderada da última entrada com o estoque remanescente.

Mais à frente veremos como fazer isso quando dos artigos envolvendo operações com mercadoria.


Praticando:

Questão do exame de Suficiência para Bacharel em Ciências Contábeis de 2011.1.

Uma sociedade empresária realizou as seguintes aquisições de produtos no primeiro bimestre de 2011:

3.1.2011 
40 unidades a R$30,00 
24.1.2011 
50 unidades a R$24,00 
1.2.2011 
50 unidades a R$20,00 
15.2.2011 
60 unidades a R$20,00 
Sabe-se que:

·         A empresa não apresentava estoque inicial.
·         No dia 10.2.2011, foram vendidas 120 unidades de produtos ao preço de R$40,00 cada uma.
·         Não será considerada a incidência de ICMS nas operações de compra e venda.
·         O critério de avaliação adotado para as mercadorias vendidas é o PEPS.  

O Lucro Bruto com Mercadorias, a quantidade final de unidades em estoque e o valor unitário de custo em estoques de produtos, no dia 28.2.2011, são de:
             
a)     R$1.800,00 e 80 unidades a R$20,00 cada.
b)     R$1.885,71 e 80 unidades a R$24,29 cada.
c)     R$1.980,00 e 80 unidades a R$23,50 cada.
d)     R$2.040,00 e 80 unidades a R$23,00 cada.

Resolução:

Vendeu as primeiras 90 unidades adquiridas pelo seu custo de 30 e 24 cada, totalizando R$ 2.400. Vendeu mais 30 uni a custo de 20, da terceira compra, custando R$600 e totalizando custo de R$ 3.000. A receita foi de R$ 4.800. Deduzindo o custo fica R$ 1.800.


Restaram 20 unidades da terceira compra + as 60 unidades da quarta compra, totalizando 80 unidades a 20 reais.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares