Contabilidade e Matemática para Negócios e Concursos

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Equilíbrio de mercado

Vamos ver agora alguns conceitos básicos da microeconomia, partindo da análise do equilíbrio de mercado, bem como, suas estruturas e falhas de mercado.

Mercado é a interação entre consumidores e produtores, enquanto que Equilíbrio está associado à oferta e demanda, onde se procura um equilíbrio entre estes. Se a ausência ou excesso de um deles é ruim, com o outro também é. Ao falar em mercado, deve-se englobar os dois lados.


Ao pesquisarmos o preço de um produto e ao nos depararmos com preços altos, normalmente culpamos aos produtores. Mas nem sempre é assim, pois, muitas vezes o comportamento do consumidor também contribui para que isso aconteça.



Equilíbrio de Mercado


Equilíbrio de mercado

Equilíbrio de mercado-1

Temos o Equilíbrio de mercado no cruzamento dos pontos.

Preço de equilíbrio é aquele preço que faz com não se tenha nem excesso e nem falta de um determinado produto ou serviço, deixando o mercado estável, mantendo o equilíbrio de mercado.

Olhando para o gráfico acima, temos no eixo vertical o preço de uma mercadoria ou serviço, enquanto que no eixo horizontal temos a quantidade da mercadoria ou serviço.

Temos a curva verde, chamada de oferta, onde percebemos sua inclinação para cima. Isso acontece porque, mostra a postura dos produtores, produzindo mais à medida que o preço for se elevando, visando uma lucratividade maior, pois, preço e quantidade produzida se relacionam de forma direta.

Temos a outra curva, representando a demanda, onde, percebemos que está negativamente inclinada, representando a postura dos consumidores. O consumidor, possivelmente vai querer comprar mais de um produto se o preço estiver menor (mais acessível), nesse caso, com o preço subindo, é provável que caia o consume. No caso do consumidor, a relação é inversa entre preço e quantidade demandada.

Onde as setas se cruzam, temos aí o ponto de equilíbrio (ou preço de equilíbrio -favorecendo ao equilíbrio de mercado), onde a curva de oferta se iguala à curva de demanda. Nesse ponto não temos nem excesso de oferta e nem falta de demanda, não havendo aí nenhuma variável forçando uma alteração.

Mas, e se houver um preço diferente daquele que iguala oferta e demanda, o que acontece?

Supor que o preço de equilíbrio (PE) = R$ 20,00

E o preço (P) indo a  = R$30,00?

Qual será o desequilíbrio que veremos?

Equilíbrio de mercado-2

No preço de R$ 20 teremos o preço e a quantidade de equilíbrio, não faltando e nem sobrando mercadoria  ou serviço, mas, é possível que por alguma oscilação, o preço também esteja diferente, no exemplo dado, custando R$ 30. Estando a R$ 30, percebeu-se um consumo inferior à produção e, quando o preço chegar a ficar acima do preço de equilíbrio, naturalmente o consumidor será desestimulado da aquisição do produto. 

Ao contrário do consumidor, com o preço mais alto, o produtor está estimulado a produzir mais, resultando em um excesso de produção sobre o consumo, consumando-se o excesso de ofertas.

Com isso, deverá ter uma variável ( preço) a se ajustar para procurar o equilíbrio de mercado novamente. De modo que, o excesso de oferta causa uma variação no preço, pressionando-o para baixo.

O mesmo processo pode ser utilizado também para o excesso de demanda. Por exemplo, se o preço estivesse em R$ 10, estaríamos com um consumo maior que a produção, uma vez que, com o preço menor, os consumidores poderiam querer consumir mais, ao passo que os produtores estariam desestimulados a produzir mais, por quanto o preço está baixo. Nesse caso, que também se configura em desequilíbrio, o preço também terá que ser ajustado, porém, para cima.

Excedente do consumidor (EC) e excedente do produtor (EP)


Acontece quando pagam ou recebem valores diferentes daqueles que imaginavam ou que estavam dispostos a pagar ou a receber.

EC - é a diferença entre o que o consumidor estaria disposto a pagar por um produto ou serviço e o preço que efetivamente lhe é cobrado (preço de mercado). Se pagou menos, então teve um ganho.


EP - é a diferença entre o que o produtor estaria recebendo por um bem (preço de mercado) e o preço que estaria disposto a receber. O produtor teve um ganho.



Gráfico do ganho do consumidor


Equilíbrio de mercado-3

Vamos supor, no gráfico acima, onde R$ 9,00 (eixo vertical) seria o preço de mercado e, o consumidor estava disposto a pagar até R$ 12,00 por cada unidade (eixo horizontal). Se o consumidor encontrar a unidade a R$ 9,00, ele estará tendo um ganho.

Então, tudo que ficar abaixo dessa curva de demanda, é o ganho do consumidor (EC ou excedente do consumidor)
Gráfico do ganho do Produtor


Equilíbrio de mercado-4

Já nesse caso, o produtor já estará disposto a produzir se o mercado estiver disposto a pagar R$ 7,00 por cada unidade produzida, mas, se o mercado pagar R$10,00, melhor ainda para ele, pois estará tendo um ganho.

Então, essa área a cima do preço de oferta até encontrar o preço de mercado é o Excedente do produtor (EP -ganho para o produtor). De forma que, se o mercado estiver operando normalmente, teremos o preço bom tanto para consumidor como para o produtor, ou seja, onde se cruzam as curvas de demanda de um e de outro.

Dessa forma, podemos de dizer que para haver um equilíbrio de mercado precisamos da atuação das duas partes.

Estruturas de Mercado: critérios de classificação


Estrutura de mercado é uma análise de como um determinado mercado engloba tanto consumidores como produtores, ou seja, como está organizado esse mercado.
Temos que identificar nesse Mercado:
  1.  Número de participantes que compõem esse mercado;
  2. tipo do produto;
  3. existência ou não de barreiras ao acesso de novas empresas nesse mercado;
  4. transparência de mercado.
Principais estruturas de Mercado de acordo com as características citadas:

equilibrio-de-mercado

Tipos de Barreiras Barreiras naturais (altos custos fixos)



Monopólio natural


Significa que se tem apenas uma empresa produzindo algum tipo de produto ou determinado serviço. 

Muitas vezes isso acontece porque para desempenhar determinado tipo de atividade, por exemplo, iniciar uma empresa que construa navios, demanda inicialmente um alto custo fixo. Isso já seria uma barreira natural para muitos que, logo de cara, não iriam se interessar por entrar nessa disputa.

Patentes e Direitos autorais


(Criadas pela legislação. Muitas vezes, através de pesquisa ou desenvolvimento, cria ou produz algum produto e registra. Enquanto vigorar a patente, este que o registrou terá exclusividade na produção, podendo também vir a vender essa patente, caso queira).

Monopólios estatais



(muitas vezes o Estado pode, através da legislação ter aquela empresa que vai operar ali desenvolvendo alguma tarefa)


Controle de matérias-primas



(se uma empresa e somente ela tem o acesso, por exemplo, como a Vale do Rio Doce, única detentora do direito a explorar quase todo o minério de ferro no Brasil, isso impede que outras possam entrar também nessa atividade.

Falhas de mercado


Aquele máximo excedente tanto para consumidor como para produtos, que é onde os eixos se cruzam e é bom para os dois lados, acontece quando há um funcionamento normal do mercado, mas, que pode ser alterado por falhas de mercado como:


Externalidades


Ocorre quando há influencia de uma pessoa ao bem-estar de uma outra pessoa, sem haver nem pagamento e nem compensação por essa influência. (a influência pode ser tanto positiva quanto negativa)

Bens públicos



Não excludentes e não rivais - Há tipos de situação, como por exemplo, a iluminação pública, onde mesmo um pagando e outro não pagando, não tem como excluir nem um e nem outro, de continuar a usar, porém, fica a pergunta: para garantir a produção e consumo apropriado de um bem que não se tem o preço, como fazer?


Informação imperfeita (informação assimétrica)


Acontece quando o conhecimento entre compradores e vendedores tem um grau diferente, resultando em maior benefício de uma das partes, quando de uma transação ou de um contrato . Essa informação imperfeita pode levar a um Risco moral e Seleção adversa.
Diante dessas falhas citadas e outras mais, fica difícil para que o MERCADO possa alcançar a eficiência econômica.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares